RECONSTRUÇÃO - O TRATAMENTO QUE É "MASSA"! | Clube do cabelo e cia



Oi, galera!

Verão tá chegando, e nessa fase de "pré-forno" rs, nada melhor do que dar uma "turbinada" nas madeixas, já para prepará-las pro calorzão que está por vir! É super importante dar uma reconstruída nos fios no pré-verão, pois o verão é a época que os fios sofrem mais agressões pelo sol, praia, ou piscina.
É claro que você precisa tratar deles o ano todo, mas realmente nessa época torna-se indispensável aumentar os cuidados com os cabelitchos.

Do que os cabelos sempre precisam?
- Hidratação > para repor a água.
- Nutrição > para repor emoliência e oleosidade
- Reconstrução > para repor a massa proteica.

Lembrem-se sempre que esses três processos ( H-N-R) são indispensáveis para a saúde das madeixas!
E um, nunca será menos importante que o outro.


Além da reconstrução, nossos cabelos também necessitam de água e de emoliência. Por isso, não se deve fazer uma reconstrução, sem antes, passar pelos processos de hidratação e nutrição; pois se os fios estiverem desidratados e desnutridos, a reconstrução  poderá não ajudar muito, ou até piorar.


Hoje então, vamos falar mais especificamente sobre RECONSTRUÇÃO:



E o que é a Reconstrução?
A Reconstrução, nada mais é do que a "recuperação" dos fios danificados. É um tratamento mais profundo, que atua nas camadas mais internas da fibras capilares, revitalizando-as.

Um cabelo que necessita de reconstrução, é um cabelo que está deficiente de massa proteica, que está com o seu córtex exposto, e está com suas lâminas cuticulares quebradas, e desorganizadas.

Você consegue saber se os fios estão precisando de reconstrução, quando eles se apresentam ressecados, opacos, embaraçados, ásperos, porosos, ou quebrando-se com facilidade.


Mesmo que seus cabelos não tenham passado por processos químicos, eles sofrem danos causados pelo vento, sol, cloro da água, poluição, ar condicionado, calor do secador e chapinha, sulfatos dos shampoos, escovações diárias, e até mesmo a fricção da toalha... enfim, os danos são inevitáveis. Portanto, a reconstrução é indicada para todos os tipos de cabelos.

É claro que um cabelo com química vai estar muito mais danificado. E por isso ele pode precisar de mais reconstruções, pois a química "retira" lipídios, aminoácidos, proteínas, e outros nutrientes... e cabelo sem aminoácido, é sinônimo de cabelo frágil.

Um pequeno teste de diagnóstico:

Lave os cabelos com shampoo simples. Pegue um fio de cada parte da cabeça (frente, lado, atrás,acima)  e tracione levemente cada um deles.
Observe ao tracionar:
Se o fio se parte > Se ele se partir precisa de reconstrução seguida de nutrição;
Se o fio se deforma > Se ele se deformar precisa de reconstrução, nutrição e acidificação;
Se o fio se deforma mas volta ao lugar em 15 segundos > Se ele se deformar mas voltar, então precisa apenas de nutrição.


Tipos de Reconstrução:
A Cauterização, a Plástica capilar, a Selagem, e a Blindagem são alguns tipos de reconstrução.

O que a Reconstrução faz nos cabelos?

A reconstrução repõe a massa e os nutrientes (proteínas, aminoácidos,minerais,etc) que os fios perderam devido às agressões químicas (colorações, alisamentos,progressivas...), agressões físicas/mecânicas (secador,chapinha...), ou agressões ambientais (vento,sol, poluição...).
Através dessa reposição de massa, ela devolve a resistência, o brilho, a maleabilidade, e a força aos cabelos.

Quando eu devo fazer uma reconstrução?

Que a reconstrução é necessária para os cabelos danificados, isso é fato.
Mas ela também deve ser feita como tratamento preventivo, caso você tenha a intenção de realizar algum processo químico. Pois se os cabelos estiverem previamente tratados, terão maior resistência à química, diminuindo os danos causados pela mesma. Isso sem contar que o resultado obtido em um cabelo tratado é muito melhor.

Você deve fazer uma reconstrução nos fios, sempre antes de fazer:
- Coloração > A reconstrução vai prolongar a durabilidade da cor.
- Alisamento > A reconstrução vai amenizar os danos nos fios, e melhorar o resultado.
- Mechas, Luzes, Descolorações > A reconstrução vai fortificar os fios, deixando os cabelos mais resistentes à quebra.


De quanto em quanto tempo eu devo fazer uma Reconstrução?
Para que a reconstrução seja eficiente, é necessário que seja feita com certa frequência respeitando os intervalos entre a mesma. O tamanho dos intervalos vai depender do nível de danos em que o cabelo se encontra. Quanto mais danificado o cabelo, menor o intervalo entre as sessões de recuperação.

Esse intervalo pode variar entre 15 em 15 dias, 1 vez por mês,... Em cabelos virgens pode-se fazer até de 3 em 3 meses.

Como é o processo de Reconstrução nos fios?
.
Primeiro, os cabelos são lavados com um shampoo adstringente ou antiresíduos (exceto em cabelos coloridos ou com progressiva), para remover todos os depósitos minerais, acúmulos de finalizadores,ou qualquer outro resíduo que possa impedir a reconstrução total dos fios. Assim, os fios são dilatados, para que os ativos dos produtos possam penetrar (a melhor queratina para ser utilizada nesse processo, é a de baixo peso, e tamanho molecular, a hidrolisada, pois ela consegue alcançar o córtex mais rapidamente e adere com mais facilidade).
Em seguida, inicia-se a reposição dos ativos (queratina, aminoácidos, etc.) nos fios através de produto específico. Depois de incorporar os ativos, aplica-se um produto termoativado, para que os fios possam entrar em contato com o calor do secador e/ou chapinha. Através do calor, há melhor penetração dos ativos nas fibras capilares e selamento dos fios, trazendo como resultados cabelos com mais brilho, maleáveis e saudáveis.




É preciso ter cuidado no uso dos Reconstrutores!!
O uso de produtos reconstrutores em excesso, pode danificar os cabelos em vez de melhorá-los . Os componentes específicos utilizados em produtos de reconstrução, como aminoácidos, queratinas, colágenos, se usados em excesso, podem "endurecer" as fibras, fazendo com que cheguem até a quebrar. Além disso, produtos reconstrutores tendem a possuir um PH mais alto (entre 7 a 7,5) do que o PH dos cabelos, pois precisam abrir as cutículas, para que os componentes possam "entrar". Portanto, muito cuidado com o uso indevido de máscaras e produtos reconstrutores. Só utilize se seu cabelo realmente precisar, e jamais utilize-os todos os dias.

A Reconstrução Ácida:
A reconstrução ácida é utilizada especificamente em cabelos com química. É para aqueles cabelos em que as cutículas já não fecham direito, devido à constante utilização de processos químicos, o que dificulta a retenção e fixação dos nutrientes; pois nenhum processo de tratamento, seja H,N ou R consegue obter resultado, se as cutículas permanecerem abertas.

A reconstrução ácida não repõe massa proteica,  apenas equilibra o Ph dos fios, favorecendo a recepção de nutrientes pelos mesmos. Essa reconstrução é feita através de produtos que tenham o Ph mais baixo que o dos cabelos, ou seja, mais ácidos. Pra você entender melhor, o termo pH é usado para determinar o grau de acidez ou alcalinidade de uma substância líquida. Existe uma escala de ph para classificar substâncias ácidas e alcalinas. Essa escala é graduada de 0 a 14. Onde zero seria o grau máximo de acidez, e 14 o grau máximo de alcalinidade. Portanto, o Ph 7,0 (que está no meio), é considerado Ph neutro. Assim, o que for menor que 7, será considerado ácido, e o que for maior que 7 será considerado alcalino.


O cabelo tem Ph em torno de 4,2 a 5,8. Todo Ph que for maior que isso, irá abrir as cutículas dos fios, e o que for menor, irá alinhá-las.
Logo, a reconstrução ácida vai "acidificar" os fios, utilizando componentes com Ph bem mais baixo que estes, obtendo assim, o "fechamento" das cutículas.

Além de selar as cutículas, estabilizar o Ph dos cabelos, e proteger o cabelo do desbotamento, a reconstrução ácida ainda devolve a textura e o brilho.

O vinagre de maçã (pH 3) e o suco de limão (pH 2), podem ser utilizados como acidificantes caseiros. Basta diluí-los em água e utilizá-los como último enxágue. (Pelamor, não me passe limão na cabeça, e depois pegue sol... isso dá queimadura na certa!). Essa receita caseira pode ser feita 1 vez na semana, em cabelos que estejam porosos.

Importante!!
Cabelos extremamente ressecados devem passar por várias hidratações antes do processo de acidificação. E cabelos alisados com hidróxido podem quebrar com a acidificação, portanto, muita calma nessa hora!

Para finalizar, vamos falar das máscaras reconstrutoras:

Na hora de escolher a máscara de tratamento, pinta sempre aquela dúvida: Será que ela é  Nutrição ou Reconstrução?
As máscaras de R, geralmente são compostas por queratina, aminoácidos, cistina, arginina, creatina, colágeno,  e/ou outras proteínas. Mas isso não quer dizer, que se estiver escrito "queratina" no rótulo dela, que é uma máscara reconstrutora. Complicadinho né? Também acho.
Ainda hoje, às vezes me confundo com a composição. Até porque, os fabricantes não especificam a quantidade desses componentes nos rótulos, o que iria facilitar bastante o nosso lado de consumidoras.
Também tem aquela "regrinha' de que os ativos devem seguir a ordem decrescente de quantidade na fórmula, porém nem todas as empresas cumprem isso. Mas mesmo que não cumpram, se a queratina tiver láaaaa em baixo na composição, eu já acredito que não seja reconstrutora.

Também tem as proteínas hidrolisadas da soja, do arroz, do milho, e da aveia, que não têm a mesma "potência" reconstrutora de uma queratina ou creatina... e apesar de serem proteínas, elas se encaixam melhor em tratamentos de hidratação e nutrição. Já a proteína hidrolisada e aminoácidos do trigo, possuem um melhor poder reconstrutivo.

O Colágeno e a Arginina também são consideradas proteínas com baixa potência restauradora, podendo muitas vezes serem encontradas também em máscaras de hidratação.

Falando em máscaras reconstrutoras, é imprescindível que falemos de máscaras profissionais e semi-profissionais. Marcas comerciais dificilmente terão um alto grau de reconstrução. Uma reconstrução leve, até dá pra encontrar em supermercados e farmácias. Mas se você quiser aquela "porreta" mesmo, não tem jeito... só as semi-profissionais ou as profissionais vão poder dar conta do recado. Uma outra opção, e bem mais barata, é você potencializar a máscara com queratina, caso você ache que a reconstrução dela é fraca.

Ficam aqui algumas dicas de máscaras reconstrutoras para todos os bolsos:



- Acquaflora - máscara reconstrutora (preta com letra rosa)

- Éh - antiidade - (Lichia e peptídeos de arroz)

- Amend Gold black RMC - azul (para cabelos com alisamento, relaxamento, escova progressiva ou definitiva) ou vermelha (cabelos danificados por processos mecânicos ou oxidativos)

- Inoar  Reconstrução - preta

- Alfaparf - Midollo di bamboo

- Viscaya - Tratamento intensivo

- Bioextratus - Queravit

- Joico - K-Pac


















Isso aí galera... aproveitem o verão, mas não deixem de cuidar dos cabelitchos, hein!





Postar um comentário

  1. A fase R é a que meus cabelos mais ama, hoje mesmo fiz uma reconstrução com a cauterização tutanat. Adorei seu post. se quiser dar uma olhadinha na minha resenha sobre a Cauterização ta ai http://lilihmakeup.blogspot.com.br
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilianne! Obrigada pela visita e pelo comentário! ;) Indo agora mesmo ler sua resenha... Bjão,amore!

      Excluir
  2. Bom dia querida Erica!

    Super informativa e muito bem explicado a matéria.
    Falar de cabelos é muito complicado, as vezes temos que dar opiniões sem ver como o cabelo da leitora está. Por isso que o leitor (a) tem que observar muito esse ponto aí que você disse sobre perceber do que seu cabelo está precisando.

    Eu me pego confundindo fórmulas direto, já errei muito com meus cabelos! A melhor dica é: Leia muito sobre o assunto! O seu Blog, o da Lucy Viana e o da Bia Munstein são os mais informativos nesse quesito. Adoro aprender, ler e entender mais sobre cabelos e cosméticos.

    Amei a postagem, parabéns!

    Beijos flor!
    Cristina Boldi
    http://www.cuidadosevaidades.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris! Com certeza, temos que ter muito cuidado ao escrever sobre tratamentos e tal... morro de medo de alguém entender errado, ou achar que eu sou uma expert no assunto. Tudo que escrevo é fruto de pesquisa, e algumas experiências próprias; mas exatamente como vc disse, não tem como saber "como" está o cabelo da leitora! Ler,e pesquisar em todas as fontes possíveis, com certeza é a melhor solução! Obrigada pela visita, amore! Bjks no coração! :)

      Excluir
  3. amei a materia, obrigada pelas dicas bjocas , amei seu blog..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriane! Fico feliz que tenha gostado! :) Bjks!

      Excluir
  4. Adoro reconstruir meu cabelo *-*
    Adoro essa queravit e a absolut repair XD
    Beijão Erikinha

    http://rotinadeboneca.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi bonequinha! São ótimas mesmo! Apesar de eu ter colocado a absolute repair na lista, eu estou boicotando ela, pq a Loreal testa em animais :( Bjks amore!

      Excluir
  5. Oiii Flor, mandou bem tudo nos minimos detalhes show de bola.

    Bjosss
    http://inlovecabelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida! Que bom! Pior que eu sempre fico com a impressão que está faltando alguma coisa pra falar... será que é muito perfeccionismo? rsrs bjão!

      Excluir
  6. Oi Erika!!
    Super bem explicado a reconstrução!!
    Meu cabelo não curte muito! gosta mesmo é de nutrição! (óleos! rs)
    Bjs

    http://abelezadamistura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! O meu tbm não fica muito bom na reconstrução não! Tbm adoro nutrição! Mas faço R pelo menos 1 vez ao mês. BJks

      Excluir
  7. Excelente post! A reconstrução é algo maravilhoso para os nossos cabelinhos descoloridos..uahusahus
    Quem tiver paciência e ler tudo terá um ótimo entendimento sobre Reconstrução.
    Beijos, Erika!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha querida! Que bom que gostou! ;) Bjinhos

      Excluir
  8. amei ...como sempre vc explica muito bem..eu ficaria horas lendo seus post...mas tenho que trabalhar..snif snif..bjos no coração..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fer,(sentiu a intimidade né..kkkkkkk) Volta depois!!! Bjão

      Excluir
  9. caramba da onde vem tanto conhecimento, me formei agora e ainda tenho alguns frios na barriga talvez seja normal essa minha insegurança já q é uma area bem competitiva e a cada dia surge lançamentos por isso não encontramos todos os dias pessoas
    dispostas a passar conhecimentos sem querer algo em troca. obg por todas as dicas.pretendo ser sua fã e um dia poder dar esclarecimentos com tanta segurança assim.


    LÚBlANCO BELEZA E SÀUDE DOS FIOS !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lú!
      Olha, vou te dizer uma coisa... "se joga"!! Não tenha medo, pois só com a prática é que vc vai começar a ter mais segurança em si mesma. E não pense em concorrências... Existe espaço para todos!!

      Estude sempre, e pesquise bastante! O conhecimento é eterno...sempre temos algo a aprender. A escola nos passa um pouco da teoria, porém a experiência só vem com a prática mesmo.

      Eu ainda tenho muito o que aprender...não sei nada!... mas o pouco que sei, com certeza dividirei com aqueles que quiserem, pq eu acredito que todo conhecimento deve ser compartilhado.

      bjks e obrigada por ter vindo!

      Excluir
  10. Erika... vc ja usou o REDKEN Extreme Streggth Builder ??? Ví alguns blogs e sites recomendando muito pra reconstrução... Se usou, o que achou???. Dessas que vc indicou na resenha, qual vc recomenda para o platinado?
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Perdão, linda... esqueci de me identificar... Meu nome é Nádia Borges, estou com um tom 9 no cabelo e pretendo platinar daqui 2 meses... sou de Palmas, To. Aí já quero ir achando um reconstrutor legal pra usar antes de platinar. Bjux

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nádia!
      Não, nunca me dei bem com REDKEN, não gosto.
      Eu gosto das máscaras da Amend, e a Midollo de bambu tbm é muito boa. E uma boa opção pra vc tbm é fazer umectações com óleos vegetais puros que contenham ceramidas, como por exemplo: òleo de Cártamo, semente de uva, Germe de trigo... são ótimos óleos que ajudam na reparação dos fios.
      bjks

      Excluir
  12. Olá.
    Gostei muito da matéria.
    De que modo um cabelo alisado com hidróxido pode quebrar? Por que isso aconteceria?

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deise!
      Isso depende de muiiiiitos fatores... Incompatibilidade com outra química, cabelos fracos que não suportam a química, falta de tratamento, etc.
      Não tem como generalizar...cada caso é um caso.
      bjks

      Excluir
  13. Oi, Erika, muito frio por aí? Aqui em Curitiba já chegamos a dois graus NEGATIVOS!!!
    Preciso de um socorro seu, mais um...
    Comprei essa máscara da Joiko toda feliz mesmo pagando caro. Ela realmente é muito boa, até a cor do meu cabelo ficou mais firme, mas...a danada tem parafina e óleo mineral. E agora? Só usei uma vez, mas agora não sei se eu fizer umectação e usar meus produtos mais naturais meu cabelo vai absorver direito. Sério, não acredito que comprei a dita cuja sem ler o rótulo antes. Tudo bem que serve de lição, mas poderia ter sido com algo mais barato, né?
    O que você sugere?
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, que loucura de frio é esse? Aqui tá 8º e eu já tô congelando... imagina aí?
      Olha, difícil viu!! Pq os petrolatos atrapalham mesmo a absorção dos ativos naturais! E se vc tentasse trocar ela com alguém? No face tem alguns grupos de trocas de cosméticos... a Fefa já trocou alguns produtos por lá... ou então se vc usou pouco, dá pra vender!
      A maioria das máscaras de marca tem petrolatos, pq são eles que ajudam a fazer a "make" dos cabelos...
      bjsss

      Excluir
    2. Nem me fale! A promessa é que no final de semana a coisa melhore um pouco. Oito graus? ah, a essa altura da coisa eu já considero 8º uma temperatura ótima, hahahahahaha.
      Muito bem feito pra mim que não li o rótulo antes. Eu morro de preguiça de ler o rótulo pq sem óculos sou completamente analfabeta, não leio nada, mas acho que aprendi muito bem a lição agora, rsrs. Não pretendo voltar, depois de tudo que aprendi por aqui, a usar maquiagem no meu cabelo. Vou seguir seu conselho e tentar vender ou trocar com alguém.
      Obrigada mais uma vez!
      Beijo

      Excluir
  14. eu tenho alergia a ácidos.. qual sua indicação??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carmen!
      Não entendi... de que ácidos vc está falando?

      Excluir
  15. Erica vi aqui no seu blog sobre o oleo de coco licuri,eu queria saber se da pra usar ele como o oleo de coco comum que usamos em umectaçoes no couro cabeludo,se voce puder me tirar essa duvida eu ficaria muito grata por que ta bem em conta 1 litro desse oleo em comparaçao com o oleo de coco comum que usamos, fiquei curiosa pra saber se vale a pena,espero sua resposta bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi!
      Sim, o Óleo de coco licuri é tão bom qto o óleo de coco da praia. O preço dele é barato pq ele faz parte de um projeto social. Ele serve não só para estética, como para culinária tbm.
      bjsss

      Excluir
  16. Adoro ler seus post, dicas muito valiosas!! Parabéns, já fiquei Fã!!!

    ResponderExcluir
  17. Muito Obrigada Erika, amei a aula! rs Aprendi muito pra cuidar dos meus cabelos e dos da mainha mãe! Beiju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Silvia! Qq dúvida, grita aqui, ok?
      bjssss

      Excluir
  18. Muito bom! só uma pergunta, alguma dessas máscaras é liberada para a técnica no-poo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que a ÉH ANTI-IDADE... mas não tenho certeza.. só vendo a composição..

      Excluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Entre para o nosso Clube!

 
Clube do cabelo e cia © 2013. All Rights Reserved. Powered by Blogger
Top