DETOX COM ÓLEO VEGETAL - TERAPIA AYURVEDA | Clube do cabelo e cia



Oi amores!

Hoje a dica é da nossa querida leitora Claudia Viana, que indicou esse tema muito interessante, sobre desintoxicação com óleos vegetais...

A terapia desintoxicante com óleos  não é uma novidade... originalmente chama-se  "Kavala gandusha ou Kavala graha " e é utilizada na medicina Ayurveda há mais de 5.000 anos, embora só recentemente tenha se tornado popular nas culturas ocidentais.
"Kavala"  está relacionada com a cavidade oral e "gandusha" é gargarejo ou bochecho. "Kavala graha" é um medicamento que pode ser mantido na cavidade oral.

Tanto a Medicina Tradicional Chinesa, como a ciência Ayurvédica,  mapeiam a língua em diferentes setores, que estão ligados aos rins, pulmões, baço, fígado, coração, pâncreas, intestino delgado, estômago, cólon, e coluna vertebral.  Assim, pode-se eliminar toxinas de todo o organismo através da língua.
A língua é um órgão de desintoxicação. Uma língua branca indica que o corpo quer desintoxicar; e o bochecho com óleo acelera e ativa a desintoxicação.

Os praticantes de Ayurveda fazem higiene oral com óleo vegetal. Não só com o intuito de higiene bucal, mas também para manter a saúde do corpo, pois o foco principal desta terapia é ajudar na desintoxicação do organismo.

O bochecho com óleo vegetal ajuda o corpo a desintoxicar, por "puxar" o muco, bactérias e outras toxinas para fora, através de sua saliva. Assim como a pele excreta resíduos e toxinas do corpo, a língua também elimina toxinas e micróbios.

Além disso, o alívio de vários outros problemas de saúde foram relatados por aqueles que praticam o bochecho com óleo diariamente, incluindo o alívio de alergias, dores de cabeça , problemas respiratórios, problemas de pele, digestão, doenças cardíacas, pressão alta e diabetes, entre outros.

No ocidente, essa terapia ganhou o termo de OIL PULLING , ÓLEO DE PUXAR, ÓLEO SIBILANTE, por auxiliar no processo de puxar para fora as toxinas orais.

O Óleo na higiene oral:

Nossas bocas são o lar de milhares de milhões de bactérias, vírus, fungos e outros parasitas e suas toxinas. Candida e Streptococcus são residentes comuns em nossas bocas. São esses tipos de germes e seus resíduos tóxicos que causam gengivite e cáries e contribuem para muitos outros problemas de saúde, incluindo artrite e doenças cardíacas.
Nosso sistema imunológico está constantemente lutando contra esses arruaceiros. Se o nosso sistema imunológico fica sobrecarregado  por estresse excessivo, má alimentação, toxinas ambientais e etc, estes organismos podem se espalhar pelo corpo todo, causando infecções secundárias e inflamações crônicas, levando a uma série de problemas de saúde.

Hipócrates já sugeriu que a artrite pode ser curada, arrancando um dente ruim. A endocardite, é quando os streptococcus (bactérias) atacam as válvulas do coração. Quando as bactérias atacam juntas, pode se transformar em artrite, ou nefrite quando afetar os rins.

A relação entre a inflamação das gengivas e dentes, e infecções dos pulmões e vias aéreas, tem sido extensivamente demonstrada.
As mulheres grávidas com doença periodontal são 7,5 vezes mais propensas a dar à luz a bebês prematuros ou de baixo peso. A gengivite pode causar problemas intestinais. Mais de 200 estudos têm demonstrado a relação entre diabetes e doenças gengivais. Escovar os dentes não é suficiente.

Quando escovamos os dentes, apenas 60% da superfície dos dentes e 10% de toda a cavidade oral ficam efetivamente limpos. 
Logo, uma boa higiene bucal irá reduzir drasticamente as chances de infecções focais e, assim, evitar as graves consequências de uma infecção.


Os benefícios de "bochechar com óleo":

Como a gordura vegetal é um emulsionante, por natureza, o bochecho com óleo cria  um ambiente de "detergente", que limpa a boca, pois os óleos tem a capacidade de eliminar as bactérias prejudiciais, bem como reduzir o crescimento de fungos.
Os óleos também podem ajudar na reestruturação celular, e estão relacionados com o bom funcionamento dos gânglios linfáticos e outros órgãos internos.
Quando os óleos misturam-se com a saliva, transforman-se em um líquido fino, branco; e são os lipídios dos óleos que retiram as toxinas da saliva.
Por mais simples que seja, o bochecho com óleo tem um poderoso efeito desintoxicante.

Benefícios do bochecho com óleo para a saúde oral incluem:

> Fortalecimento geral dos dentes, gengivas e mandíbula.
> Prevenção de doenças das gengivas e boca, como cáries e gengivite
> Prevenção para o mau hálito
> Remédio potente para sangramento nas gengivas
> Prevenção de secura dos lábios, boca e garganta
> Tratamento para ATM e dores em geral na região da mandíbula

Benefícios além da boca:

Atualmente, muitos terapeutas holísticos fazem uso desta terapia para uma variedade de problemas de saúde.
O bochecho com óleo tem sido utilizado como uma medida preventiva para a saúde de muitas outras condições, como:

> Alívio de enxaquecas
> Corrigir os desequilíbrios hormonais
> Redução da artrite
> Pode ajudar com gastro-enterite
> Redução de eczemas
> Redução da acne
> Redução dos sintomas de bronquite
> Estabilização da função renal
> Redução da congestão nasal
> Melhora da visão
> Redução da insônia
> Redução de ressaca após o consumo de álcool
> Redução de dores
> Redução  dos sintomas de alergias
> Desintoxicação do corpo de metais e organismos prejudiciais

A maioria das pessoas começam a sentir os benefícios orais dentro de algumas semanas fazendo o bochecho. Benefícios mais significativos e visíveis se manifestarão meses depois.

Como fazer:

A medicina Ayurveda recomenda a utilização dos óleos de Sésamo (gergelim), Cânhamo, ou Semente de Girassol (de preferência orgânicos e prensados a frio) para esta terapia; embora os óleos mais utilizados no ocidente sejam o Óleo de Coco e o azeite de oliva. 

Utilize aproximadamente uma colher de sopa (15 ml) de óleo. Coloque na boca, e bocheche por no mínimo 10, e máximo 30 minutos. Movimente bem o óleo, para que alcance todo o interior da boca.  Com o bochecho contínuo, o óleo vai absorvendo as toxinas dos dentes, gengivas e língua, e  torna-se espesso, viscoso e branco.
Uma vez que o óleo tenha atingido essa consistência, deverá ser cuspido antes que as toxinas sejam reabsorvidas.  Se ao cuspi-lo ele ainda estiver amarelo, então o tempo foi insuficiente para fazer a limpeza.
Depois de ter terminado, lave a boca e língua completamente, e beba 2 ou 3 copos de água. 

O processo  deve ser realizado semanalmente para manutenção, ou diariamente para um tratamento de desintoxicação. De preferência, fazer na parte da manhã, depois de escovar os dentes, gengivas e língua (sem pasta de dentes), e com o estômago vazio.
Se você bochechar o óleo várias vezes por dia, então seria recomendado que fizesse antes das refeições.

Dica: fazer um bochecho com Sal Rosa do Himalaia após a limpeza com óleo, ajuda a eliminar as toxinas restantes.




Estudos científicos sobre óleos para a terapia do bochecho:

O óleo de gergelim contém uma elevada concentração de vitamina E e ácidos gordos poli-insaturados. Estes antioxidantes impedem a absorção de formas negativas de colesterol no fígado. Vários estudos têm demonstrado a capacidade antibacteriana do óleo de sésamo, inclusive o efeito sobre os Streptococcus mutans na boca.  
Estes estudos suportam a utilização deste óleo na terapia do bochecho, como prevenção da cárie dentária e gengivite.

Um estudo de 2007 sobre o efeito do bochecho com óleo de girassol em placa e gengivite em tecidos moles e duros orais, constatou que após 45 dias de bochecho com este óleo, houve uma redução estatisticamente significativa na gengivite, nas pessoas que o utilizaram.

O Óleo de coco possui propriedades antibióticas e anti-virais naturais que clareiam dentes amarelados e melhoram  a saúde da gengiva, eliminando também o mau hálito.

Outros estudos mostraram uma redução global de bactérias 10-33,4% em participantes, e após 40 dias de bochecho com óleo, os participantes demonstraram 20% de redução média em bactérias orais. Além disso, metade de todos os participantes neste estudo de caso mostrou uma redução drástica na suscetibilidade à cárie dentária.


Fontes:
http://www.healthyfamilymatters.com/
http://www.medindia.net/
http://everydayayurveda.org/
http://theida.com/
http://www.bodydetoxzone.com
http://www.ncbi.nlm.nih.gov
http://www.thependulist.org/
http://mayaanjali.hubpages.com/
http://divineearth.org

Postar um comentário

  1. Respostas
    1. Rsrsrs
      Ahhhh falou em óleo vegetal, é comigo mesma!! #alokadosóleos#
      bjssss e obrigada pela dica!!

      Excluir
    2. eu tb...huashuashusah
      assim que vi, achei bem legal e comecei a pesquisar sobre, pena não ter muita informação em português. :/
      Tb imediatamente lembrei de vc #alokadosóleos huashuashuash

      Excluir
  2. aaahhh vou fazer agora mesmoooo!!!!
    Minha prioridade no momento é desintoxicação, rs...
    Valeu, Erika, como sempre nos ajudando a ter uma vida mais saudável!!
    http://essenciadanatureza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm to pensando em fazer com o óleo de licuri ;)
      bjkss

      Excluir
  3. Poxa, que MARA!!!! Vc realmente é a "Enciclopédia dos Óleos"!! rsrsrsrsrs
    Posso usar o azeite de oliva extra virgem?? bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina,
      Sim, tem gente que usa azeite ;)
      bjsss

      Excluir
  4. Oi Erika,estou fazendo esse bochecho com óleo de coco a uma semana e aprendi no site www.docelimao.com com Conceição Trucon ,e quando ele acabar porque está no fim e por aqui(Brasília) é muito difícil encontrá-lo,vou continuar o bochecho com o gel que é extraído da linhaça quando germinamos , aliás lá ela ensina a germinar não só a linhaça mas muitas outras sementes que também faço uso diário.Mas voltando ao bochecho...estou me sentindo muuuuuito menor em todos os sentidos mas principalmente com relação ao meu problema de circulação que não me deixava dormir direito por causa da queimação, dores e peso nas pernas e pés, fora outros benefícios mais...eu recomendo muito ,estou muito satisfeita com essa nova utilização de óleo vegetal.Adoro eles e os uso pra muita coisa principalmente nos cabelos e muitas receitinhas aprendi aqui com vc.Espero que com a água de linhaça eu tenha os mesmos benefícios porque gosto muito dela também. Beijos linda e parabéns por esse trabalho voluntário lindo de ajudar as pessoas ,falo isso porque essas suas dicas naturais são uma grande riqueza pra mim e tenho certeza que pra grande maioria que te conhece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida!
      Muito obrigada pelo seu depoimento! Com certeza ele incentivará muitas pessoas a fazerem o bochecho! Não conheço o blog da Conceição, mas pelo vc tá falando, já gostei e já vou procurar pra seguir tbm!! ;)
      Obrigada pela sua companhia aqui no Clube! Fico feliz que vc goste das dicas!
      bjão

      Excluir
  5. Será que posso usar outros óleos vegetais? Como o de cereja, abacate ou o de coco é melhor que estes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre esses, o de coco é melhor; e fora que tem que ser óleo prensado a frio.
      bjksss

      Excluir
  6. Olá Erika, vc colocou no item " Como fazer" para bochechar de 10 a 30 minutos!!?? Acho q ta errado, ou é tudo isso??r srsrsrrsr. Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina,
      O tempo é esse mesmo! rsrs
      bjsss

      Excluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Entre para o nosso Clube!

 
Clube do cabelo e cia © 2013. All Rights Reserved. Powered by Blogger
Top