SURFACTANTES E SULFATOS - RUIM PARA OS CABELOS E UM PERIGO À SAÚDE | Clube do cabelo e cia



Oi pessoal!

Atualmente fala-se muito em shampoo sem sulfatos, visto que shampoo com sulfatos podem ressecar e danificar os fios dos cabelos a longo prazo. Até mesmo as indústrias cosméticas vem aumentando cada vez mais a produção de linhas sulfate-free, utilizando substitutos "menos agressivos" para o Lauril Sulfato de Sódio, o principal vilão da história.

Só que os "prejuízos" causados pelos surfactantes, especialmente o Lauril Sulfato de sódio, vão muito além de cuidados capilares... e é de saúde que eu estou falando...

Surfactantes são produtos químicos que agem como emulsificantes (removem a gordura), e proporcionam espuma em vários produtos cosméticos, produtos de limpeza, e de higiene pessoal, entre outros, tais como:
- Sabonetes,
- Shampoos,
- Cremes dentais, 
- Removedores de maquiagem, 
- Géis, 
- Sais de banho,
- Banhos de espuma,
- Creme de barbear
- Rímel
- Desinfetante bucal
- Produtos de limpeza de pele
- Loções hidratantes
- Protetores Solar
- Algumas Aspirinas,
- Sabão líquido
- Detergentes,
- Sabão em pó
- Removedores de manchas
- Limpador de carpete
- Cola de tecido , etc...

O surfactante mais utilizado pelas indústrias é o Lauril sulfato de sódio, que é uma combinação de ácido sulfúrico, éster monododecil, e sal de sódio misturados, para criar um detergente com excelentes propriedades de formação de espuma. 

Outros nomes do lauril sulfato de sódio:
- SLS (abreviação)
- Monolauril sulfato de sódio; 
- Monododecil sulfato de sódio; 
- Dodecanosulfato de sódio; 
- Sal de sódio,
- Álcool dodecílico
- Hidrogenosulfato (Sulfato de hidrogênio) 
- N-dodecil sulfato de sódio; 
- Sal de sódio do éster monododecílico do ácido sulfúrico;



Outros componentes semelhantes ao  Lauril Sulfato de sódio:
Lauril Sulfato de Amônio,
Lauril éter sulfato de sódio, 
Lauril sulfato de amônio,
Lauril éter sulfato de amônio,
Sodium C14-16 olefina sulfonato,
Alquil Sulfato de Sódio,
Alquil Benzeno Sulfonato,
TEA-dodecilbenzeno,
Sodium C12-15 Alquil sulfato,
sódio Dodecyl Sulfonate.

Surfactantes considerados "mais suaves": 
Dissodium Laureth Sulfosuccinate,
Cocamidopropyl Betaine,
Sodium Lauroyl Sarcosinate,
Lauryl Glucoside.

Um momento de reflexão (conversando com meus botões):
São suaves até que ponto??? Sinceramente, eu questiono isso... porque na verdade, todos são detergentes com função de retirar a oleosidade. Uns mais, outros menos... mas daí a dizer que são saudáveis, é outra história...
Portanto, quando um shampoo menciona  não ter sulfato, mas possui um surfactante considerado "leve", não quer dizer que não possua NENHUM risco à saúde...
Não adianta... química é química...  sempre vai ter algum efeito de menor ou maior intensidade, mas vai.


Alguns efeitos colaterais causados pelos surfactantes:

Irritação da pele

Surfactantes como o lauril sulfato de sódio, encontrado nos nossos shampoos e sabonetes, é exatamente o mesmo detergente usado em  lavagem de carros, e que são utilizados para dissolver graxas em motores de automóveis.
E é isso que ele também faz na nossa pele: dissolve os óleos naturais, causando o ressecamento ,causando irritações, e permitindo acesso de agentes contaminantes nas camadas mais internas e sensíveis da pele.

Um relatório publicado no Jornal do Colégio Americano de Toxicologia (Órgão internacional de pesquisas que estudam os efeitos nocivos de substâncias em sistemas biológicos) em 1983, mostrou que concentrações baixas de surfactantes como 0,5% podem causar irritação na pele; e concentrações de 10-30% podem causar corrosão da pele e irritação grave.

 Muitos produtos de higiene pessoal contêm lauril sulfato de sódio. E alguns sabões têm concentrações de até 30%, o que o relatório ato chamado "altamente irritante e perigoso".

Os Shampoos estão entre os produtos mais frequentemente relatados ao FDA (órgão governamental dos Estados Unidos, responsável pelo controle dos alimentos, tanto humano como animal, suplementos alimentares, medicamentos (humano e animal), cosméticos, equipamentos médicos, materiais biológicos e produtos derivados do sangue humano).   
Os relatórios incluem irritação nos olhos, irritação do couro cabeludo, inchaço das mãos, rosto e braços. A principal causa destes problemas é o lauril sulfato de sódio.




Desequilíbrio hormonal

O fator mais preocupante, é que os surfactantes são absorvidos pelo organismo quando aplicados à pele.  Uma vez absorvido pelo corpo, a molécula de lauril sulfato de sódio (SLS) se liga à receptores de estrogênio, que imita os efeitos da hormona em vários sistemas do corpo. O estrogênio é um hormônio encontrado em homens e mulheres.

Isto tem muitas implicações, e pode ser responsável por uma variedade de problemas de saúde que envolvem os níveis de estrogênio, como TPM , sintomas da menopausa, queda da fertilidade masculina, aumento de câncer de mama, etc.

O resultado disso é o caos hormonal. O corpo já não pode controlar os próprios níveis de estrogênio (pois ele não sabe a diferença entre estrógeno, endógeno e SLS) e, portanto, perde o controle de muitas funções endócrinas normais (hormonais) .

Nos homens, cujos nível de estrogênio é normalmente muito baixo, este aumento maciço provoca aumento da mama, redução dos níveis de hormônios masculinos e uma queda acentuada tanto na contagem de espermatozóides, quanto na motilidade espermática (capacidade do esperma para fertilizar um óvulo). Confusão de gênero também pode estar relacionada com os níveis de SLS, seja no próprio homem ou de sua mãe durante a gestação.

Nas mulheres , o sistema reprodutivo, que é totalmente controlado por estrogênio e progesterona, fica totalmente alterado. Mudando rapidamente os níveis de estrogênio e seus efeitos sobre os níveis de progesterona significa que o corpo está totalmente confuso, levando a problemas menstruais, sintomas da menopausa e, potencialmente, a infertilidade.

OBS: Isso também acontece com a utilização de produtos com parabenos (veja aqui)



Desnaturação de proteínas

Nossas células são feitas a partir de proteínas. O desenvolvimento dessas células é estritamente regulada pelos processos reprodutivos das mesmas, que estão continuamente no trabalho de remover as células danificadas e velhas e substituí-las por células novas saudáveis. Praticamente todas as células do corpo são substituídas pelo menos a cada sete anos.

O SLS exerce os seus efeitos sobre as proteínas através da formação de uma ponte química entre as partes solúveis em água e solúveis em gordura, da molécula de proteína (desnaturação). Isso atrapalha as forças hidrofóbicas necessárias para manter a estrutura da proteína, e a molécula entra em colapso, perdendo suas propriedades e tornando-o inútil. Este efeito é  irreversível.
.
Quando as proteínas existentes são danificadas, as construções de novas células podem ser interrompidas. É exatamente esse tipo de atividade que pode levar a estágios iniciais de câncer de pele.

Na pele, este processo pode ser tão grave, que podem separar-se as camadas da pele e inflamam devido às suas (SLS) de propriedades da proteína desnaturante.



Carcinogenicidade

Independentemente de seu potencial para causar doenças pré-cancerosas por desnaturação de proteínas, os efeitos do SLS  imitando o estrogênio também oferece um enorme potencial para causar câncer.
Sabe-se que muitos tipos de câncer, inclusive de mama e câncer de ovário estão diretamente relacionados com os níveis de estrogênio, na verdade algumas células cancerosas realmente secretam seu próprio estrogênio, o que contribui para o crescimento do tumor.

Claramente, por perturbar os níveis normais de estrogênio e por causar efeitos semelhantes a um nível celular como o estrogênio endógeno, o SLS apresenta um enorme potencial para causar e agravar estados cancerígenos. A incidência de cancro da mama tem aumentado várias vezes nos últimos 50 anos, tanto em mulheres e em homens. Atualmente, os homens respondem por cerca de 1% dos casos de câncer de mama.

Há também um terceiro modo pelo qual o SLS pode potencialmente causar cancro. Nitratos cancerígenos, podem formar-se na fabricação de lauril sulfato de sódio ou por sua inter-reação com outros ingredientes dentro de uma formulação utilizando este ingrediente (muitos shampoos contêm compostos de nitrato). Uma única lavagem com este shampoo pode produzir mais nitratos causadores de câncer no corpo, do que comer um quilo de bacon, que é muito rico em nitratos!

O SLS é capaz de danificar o material genético encontrado cada célula do seu corpo. E como a mutagenicidade tem sido fortemente associada ao câncer, esta é uma grande preocupação com relação aos surfactantes.



Aplicar substâncias químicas sobre o couro cabeludo ou sobre a pele, pode ser mais perigoso do que ingeri-las.

Na nossa saliva e estômago, existem enzimas que auxiliam na proteção de substâncias nocivas, fazendo com que a expulsemos de nosso corpo, quando ingeridas.
Porém, ao colocarmos substâncias sobre nossa pele, não existe nenhum processo de filtragem, sendo as substâncias absorvidas, e caindo diretamente na corrente sanguínea e direcionando-se para os órgãos.
E é aí que mora o perigo, porque elas não são metabolizadas e acabam ficando acumuladas, gerando distúrbios internos.

Nossa pele é muito mais do que um envoltório do corpo. 
Ela é nada menos, que o maior órgão do nosso corpo. 
E tem como principais funções:

> Proteger os órgãos internos de lesões e infecções.
> Ajudar a eliminar os resíduos tóxicos através da transpiração.
> Proporcionar uma barreira protetora para vírus e bactérias ruins, prevenindo infecções.
> Fornecer habitat para as bactérias úteis ao organismo.
> Manter a temperatura corporal.
> Selar a umidade, mantendo o equilíbrio de fluidos do corpo.
> Produzir vitamina D, que é essencial para a saúde.
> Enviar respostas sensoriais para o cérebro (a pele é rica em receptores nervosos), que fazem você poder se proteger e reagir às condições de perigo.

Portanto, a pele é vital para a sua saúde. E como tem grande capacidade de absorver tudo o que você coloca sobre ela,  você deve dar à sua pele o mesmo cuidado que você dá à sua dieta.

O fato de que os produtos contém a quantidade de surfactantes aprovada pelos órgãos de vigilância sanitária, não faz desaparecer os perigos que eles causam, pois elevados níveis de penetração de surfactantes na pele podem ocorrer, mesmo em baixa concentração. Basta contar quantos produtos que contém surfactantes que você costuma usar diariamente, semanalmente , mensalmente, etc... e "somar" as "baixas concentrações" que tem em cada um deles...
Afinal, é de grão em grão que a galinha enche o papo, não é mesmo?




Então, se um produto químico como o lauril sulfato de sódio é perigoso, por que é utilizado em nossos sabonetes, e shampoos?

Muito simples de responder:
Porque é barato para as indústrias, e porque os produtos cosméticos tornaram-se uma indústria de bilhões de dólares. Preciso dizer mais alguma coisa?

Bjooooo!!!



Postar um comentário

  1. Interessante isso.

    http://my-little-candy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Erika!!
    Nossa, post mais que esclarecedor.
    Bj
    http://essenciadanatureza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Isso é preocupante,poderia haver algo que pudéssemos fazer em relação a isso,alguns de nós temos acesso a produtos saudáveis,mas a maioria não tem e nem tem conhecimento disso. =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri!
      Pois é... então acho que o primeiro passo é informar o máximo de pessoas que pudermos...
      bjão

      Excluir
    2. Tbm acho,mas acredita que pra muita gente que tentamos alertar acha que td é balela?Confesso que ainda uso muitos produtos com essas químicas,mas tenho consciência de que fazem mal,estou diminuindo aos poucos e tentando alertar minha família e amigos.

      Excluir
    3. é... eu sei bem como é isso. Mas acho que a gente faz a nossa parte, que é apenas informar...cada pessoa escolhe o caminho que quer seguir, né? E é assim mesmo... aos poucos vai!
      bjksss

      Excluir
  4. Tem coisa que li achei um pouco de apelação, mas concordo contigo! Sucesso para você beijos!

    ResponderExcluir
  5. É complicado isso pois o mercado esta praticamente 99% de produtos assim. Pedir pela internet é um frete caro e acabamos refém dessas industrias. Complicado, mas não impossível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas por isso existem as receitas caseiras e naturais ;)
      bjsss

      Excluir
  6. Assustei quando vi que até sabonetes íntimos tem sulfato! Medo!!!

    Mas grata pelo seu alerta. :)

    ResponderExcluir
  7. Quando se faz sabão de óleo vegetal, qual o nome da substância que se forma que é responsável por remover gordura do corpo? Tenho lavado meus cabelos frequentemente com Yamasterol. Esse produto tem algum componente prejudicial? Acho que tem parabenos, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a única química ruim do yamasterol é o parabeno. Mas comparando ele com outros produtos comerciais, ainda assim ele é melhor.
      O que acontece qdo se faz o sabão é a saponificação q é o resultado da mistura do óleo vegetal com o hidróxido de sódio.
      bjs

      Excluir
  8. Oi, Erika! Eu gostaria saber mais sobre o Hidróxido de Sódio (sodium hydroxide). É que eu comprei um sabão de coco com composição que parecia boa (eu acho pelo menos, to aprendendo agora a ler a composição dos produtos que eu uso, inclusive graças à você haha) pra usar pra fazer um shampoo no lugar do de Castela, que eu não achei de jeito nenhum e não pude comprar pela internet, e esse sabão que eu comprei tinha, apesar de estar no final da lista, o tal do "Sodium hydroxide". Você sabe me dizer se é muito ruim? Obrigada, eu amo o seu blog! Tenho 15 anos, e o leio sempre, muito legal mesmo da sua parte postar tantas informações úteis aqui para todos, sou sua fã assumida hahaha beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida!
      Olha, "TODOS" os sabões, sem exceção, são feitos com hidróxido de sódio. Até mesmo os de castela. É o hidróxido que faz os óleos saponificarem, então se não tiver hidróxido de sódio, não tem sabão. Mas fique tranquila, que ele não deixa resquícios nenhum no sabão. Ele simplesmente se "desintegra".
      Pra vc entender melhor, eu fiz um post "sabão artesanal por cold process" tá no menu, em "artigos"... dá um "control F" lá que vc acha!
      Fico feliz por vc acompanhar o Clube, viu! <3
      qq dúvida, é só me chamar!
      bjãooo

      Excluir
    2. Olá Erika, tudo bem? você pode me dizer algo sobre a máscara capilar da Natura - Máscara Hidratante para Cabelos Castanha EKOS? Desde já, agradeço! Essa é a composição:

      AQUA, CETRIMONIUM CHLORIDE, CETEARYL ALCOHOL, GLYCERIN, BEHENTRIMONIUM CHLORIDE, ISOPROPYL PALMITATE, BERTHOLLETIA EXCELSA SEED OIL, STEARAMIDOPROPYL DIMETHYLAMINE, THEOBROMA CACAO SEED BUTTER, PARFUM, DICAPRYLYL ETHER, LAURYL ALCOHOL, HYDROXYETHYLCELLULOSE, CITRIC ACID, DICAPRYLYL CARBONATE, POLYGLYCERYL-3-CAPRYLATE, DISODIUM EDTA, TRIETHANOLAMINE.

      Excluir
    3. Oi Leila,
      Natural ela não é.
      Na minha opinião, eu diria que é uma máscara pobre em ativos naturais (apenas 2).
      bjss

      Excluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Entre para o nosso Clube!

 
Clube do cabelo e cia © 2013. All Rights Reserved. Powered by Blogger
Top