NOVO MÉTODO NATURAL DE TRATAMENTO CAPILAR COM ÓLEOS VEGETAIS: CAPÍTULO 1 | Clube do cabelo e cia


Oi galera!

Bóra começar nosso tratamento capilar com óleos vegetais (crono-óleos)?
 Então se prepara, que o post é grande...

Primeiro, vamos ao significado de NUTRIÇÃO:  Nutrir = fornecer alimento

Logo, partindo do princípio que todos os óleos vegetais puros contém nutrientes, sejam vitaminas ou minerais, TODOS os óleos vegetais contribuirão para a nutrição capilar.

O principal componente dos óleos vegetais, são os ácidos graxos (gorduras). E de acordo com a quantidade e tipos de ácidos graxos contidos, cada óleo terá propriedades diferenciadas.

Os principais Ácidos graxos são:
ÁCIDO ALFA-LINOLÊNICO (ômega 3)
ÁCIDO ESTEÁRICO
ÁCIDO GAMA-LINOLENICO (AGL) (ômega 6)
ÀCIDO LÁURICO
ÁCIDO LINOLÉICO (ômega 6)
ÁCIDO OLÉICO (ômega 9)
ÁCIDO RICINOLÉICO (TRICINOGLICEROL)
ÁCIDOS CÁPRICO E CAPRÍLICO
EPA e DHA

Entenda melhor com esses exemplos:

O ÁCIDO OLÉICO (ômega 9), possui propriedades surfactantes, emolientes, e de proteção solar em cosméticos.
Portanto, os óleos que tiverem maior quantidade de ácido oleico, terão essas propriedades.
Ou seja, todos os óleos possuem vários tipos de ácidos graxos, mas o que vai definir a função do óleo, é o ácido graxo que existir em maior quantidade em sua composição.

Já o ÁCIDO LINOLEICO (ômega-6) é ligado quimicamente à ceramida. Portanto, óleos com grande quantidade de ácido linoleico são ricos em ceramidas.A Paula do Blog Beleza sem fronteiras,falou sobre isso aqui.

OBS: A presença de quantidades equilibradas dos fatores Ômega 3 e Ômega 6 nas dietas ou em suplementos, impedem ou corrigem os processos de queda de pelo e dermatite seborréica

Portanto, de acordo com a lista que a Paula pegou, você pode usar alguns desses óleos como substitutos da ceramidas:
(Percentual de ácido linoleico contido em cada óleo)
> Cártamo 78%
> Semente de uva 73%
> Semente de papoula 70%
> girassol 68%
> gérme de trigo 55%
> Algodão 54%
> Nozes 51%
> Gergelim 45%
> Arroz 39%
> Amendoim 32%
> Linhaça 15%
> Oliva 10%
> Palma 10%
> Macadâmia 2%
> Coco 2%

 Baseado nisso, a minha proposta para o tratamento capilar com óleos, foi separar os óleos por funções, de acordo com a quantidade e tipo de ácidos graxos que eles possuem.
Então fiz uma tabela para auxiliar na escolha dos óleos, de acordo com suas funções:

Óleos Vegetais


Cabelos secos,
ressecados
Algodão, Abacate, Buriti, Cártamo, Castanha do Pará, Damasco, Cereja, Germen de trigo, Gergelim, Girassol, Jojoba, Linhaça, Aloe vera, Macadâmia, Manga, Cenoura, Pracaxi, Palma (bom pra ruivos), Rícino, Semente de tomate, Semente de uva, Tamanu, Argan, Amêndoas doce, Avelã ,Andiroba, Prímula, Oliva, Maracujá, Pequi, Pêssego, Rosa mosqueta, Semente de crambe,Arroz,Baobá, Kukui, Açaí, Babaçu, 


Cabelos oleosos
Copaíba, Jojoba, Maracujá, Semente de uva, Shikakai (indiano), neem, coco



Cabelos danificados, quebradiços,
quimicamente tratados
Aloe vera, Amaranto, Andiroba, Cártamo, Castanha do Pará, Coco, Germe de trigo, Nozes, Pracaxi, Pequi, Rosa mosqueta, Rícino, Semente de abóbora, Semente de tomate, Semente de uva, Tamanu, Argan, Algodão, Jojoba, Café, Gergelim, Calêndula, Girassol, Prímula,Linhaça, Avelã
Papoula, Amendoim, Buriti, Damasco, Maracujá, Palma, Café, Arroz, Baobá,Kukui, Abacate, Argan,Açaí, Sacha Inchi, Arroz


Tratar caspa
Aloe vera, copaíba, Jojoba, Coco, Maracujá, Neem, Oliva, Pracaxi, Semente de uva, Tamanu, Brahmi(indiano),Argan, Rícino, Mutamba, Abacate, Arnica, Babaçu, alho


Tratar queda

Avelã, Café, Linhaça, Neem, Pracaxi, Copaíba,Mutamba, Semente de abóbora, Semente de uva, Tamanu, Bhringraj (indiano), Amla (indiano), Brahmi (indiano), Jojoba, Prímula, Açafrão, Papoula, Amendoim, Germen de trigo, Girassol, Café,Murumuru, Arnica,Gergelim, Sacha Inchi, Arroz, alho, argan


Para crescimento
Mutamba, Amla(indiano), Shikakai(indiano), Café, Semente de abóbora, Rícino, jojoba, Cártamo, Copaíba,Germen de trigo, argan
Semente de uva, Arroz, alho,patauá

Para fortalecimento
Buriti, Avelã, Cártamo,Linhaça, Oliva, Mutamba, Semente de abóbora, Abacate,
Germen de trigo. Girassol, Rosamosqueta,
Castanha do Pará, Arroz, argan, patauá

Volume

Maracujá, Gergelim, Rosa mosqueta, Rícino, Sacha Inchi


* Veja como fazer óleo e manteiga de coco aqui.

Os óleos vegetais poderão ser usados puros, ou podem ser potencializados com os óleos essenciais... e isso ficará à critério de quem quiser acrescentá-los.
Para os óleos essenciais, fiz outra tabela:

Óleos Essenciais

Cabelos Secos

Mirra, Salvia, Sândalo, Olíbano, Palmarosa, Lavanda, Cravo, Melaleuca, Olíbano, Canela, Vetiver, cabreúva




Cabelos Oleosos
* Cabelo misto
(raiz oleosa e pontas secas)
Alecrim, *Capim limão* Pimenta negra, Cedro, Limão, Patchouli ,Tangerina, Ylang ylang, Louro , Petigrain, laranja, Salvia esclareia, Bergamota, Manjericão, Litsea cubeba (limão chines),Palmarosa,  Lavanda, Gerânio, Cipreste, Citronela, cedro, Manjerona,Bergamota


Danificados/ quebradiços/
com químicas

Arruda , Salvia, Palmarosa, Limão tahiti, Lavanda, Alecrim, Gengibre, Manjerona, Melaleuca,Tomilho 


Tratar queda

Alecrim, hortelã-pimenta,Cedro,Gengibre,
Cipreste,Coriandro,Erva-doce(cabelos frágeis), Rosa, Sálvia Esclareia, Tomilho, Louro,Junípero(queda por seborreia), Lavanda,Palmarosa, Ylang ylang, Tangerina,Capim-limão, Manjericão, laranja, Pimenta negra,  canela


Tratar caspa
Alecrim, Cedro, Lavanda, Melaleuca, Limão Siciliano, Patchouli, Orégano, Bétula, Prímula,Cravo, Louro, Salvia esclareia, Cipreste, Gerânio, Néroli, Palmarosa, Petigrain (laranja amarga), hortelã-pimenta, Erva doce, Eucalipto, Laranja-doce, Tangerina, Tomilho, Vetiver


Crescimento
Alecrim, Hortelã pimenta, Lavanda,Ylang ylang, Bétula , Sálvia Esclareia,Cedro, Salvia (officinalis),Louro, canela,  Manjericão(engrossa), Pimenta negra,Eucalipto


Fortalecimento
Cipreste, Citronela, Petitgrain, Ylang Ylang,  Cravo, Salvia (officinalis), Salvia esclareia, Aloe vera, Cedro, Alecrim, Canela, Eucalipto, Pimenta negra


* Veja como fazer óleo de ervas aqui.



Proporções para diluição:

Diluições de óleos essenciais em carreadores: 1 a 4 %

Equivalências para diluição:

1 ml = 20 a 25 gotas de óleo essencial.

Em 100 ml de óleo vegetal > 1% de óleo essencial = 25 gotas.(face,crianças,grávidas)

Em 100 ml de óleo vegetal > 2% de óleo essencial = 50 gotas.(massagem corporal)

Em 100 ml de óleo vegetal > 3% de óleo essencial = 75 gotas.(área localizada de maior extensão)

Em 100 ml de óleo vegetal > 4% de óleo essencial = 100 gotas.( área localizada mais restrita)




OBSERVAÇÕES:

1 - Sobre o REFINO DOS ÓLEOS:

Nem todos os óleos carreadores podem ser refinados, pois mediante este processo, sofrem alterações em suas propriedades. Abaixo passamos uma lista informativa a este respeito.
 Alguns óleos que sofrem alterações e grandes perdas de bioativos se refinados, perdendo no caso a maioria de suas propriedades:

> Abacate (perde vitaminas, sais minerais e fitoesteróis, deixando de ser útil para problemas de próstata, sistema imunológico, degeneração da mácua, etc)
> Abóbora (perde vitaminas e zinco, deixando de ter eficácia para o tratamento de problemas da próstata e cabelo)
> Açaí (perde fitoesteróis e vitaminas, deixando de ter propriedades hormonais e úteis em problemas de próstata, colesterol alto, degeneração da mácua, etc)
> Andiroba (perde limonóides (como a andirobina) responsáveis pelas suas propriedades terapêuticas.
> Buriti (perde beta-caroteno, perdendo propriedades anti-oxidantes e seu efeito de bronzeamento na pele)
> Gergelim (perde sesamol e vitamina E, perdendo propriedades anti-oxidantes, potencial rejuvenescedor, útil na área da memória, etc)
> Germe de trigo (perde vitamina E, deixando de ter propriedades anti-oxidantes e rejuvenescedoras)
> Girassol (perde vitamina E e oxida-se dezenas de vezes mais rápido)
> Linhaça (perde vitamina E, mas mantém o ômega 3 que, por outro lado, sem vitamina E oxida-se mais rápido)
> Neem (perde azadiractinas e todas as suas propriedades terapêuticas)
> Palma (perde beta-caroteno, perdendo propriedades anti-oxidantes e seu efeito de bronzeamento na pele)
> Pequi (perde alguns bioativos que lhe dão propriedades anti-inflamatórias e beta-caroteno, anti-oxidante)
> Uva (perde vitamina, deixando de ter propriedades anti-oxidantes e rejuvenescedoras)

Alguns óleos que não sofrem intensas alterações e grandes perdas de bioativos pelo refino, até por que a maioria de suas propriedades estão relacionadas à sua gordura:
 Amêndoas, avelã, babaçu, borragem, cacau, coco da praia, cupuaçu, damasco (abricot), jojoba, manga, maracujá, murumuru, nozes, palmiste, prímula, rosa mosqueta

Por isso, os óleos de cozinha, não são adequados para este tratamento capilar, porque eles já foram refinados, e perderam a maioria dos seus ativos. 


2 - Sobre os óleos GOURMETS:

Óleos gourmets extra-virgens e prensados a frio, são óleos vegetais puros ricos em ativos, com a diferença que além de servirem para tratamentos estéticos, ainda servem como alimentos, riquíssimos em nutrientes.








Começando o Crono-óleos:

Para iniciarmos o crono-óleos, será necessário sabermos:

1 - A diferença entre os óleos vegetais e essenciais (veja aqui);

2-  Cuidados com os óleos essenciais (veja aqui)

2 - Como se faz uma umectação (mostrei em vídeo aqui);

3 - Como fazer o Co-wash (falei em vídeo aqui)


O Método Crono-Óleos:

Escolha 3 óleos que sejam adequados ao seu tipo de cabelo ou ao seu objetivo, e um condicionador sem silicones e petrolatos, pois eles formam uma película sobre os fios impedindo a penetração dos óleos vegetais.
Seria interessante também ter um óleo vegetal que tenha função de finalizador (funcione como silicone), pois quanto menos silicones usarmos durante o tratamento, melhor.
Veja a tabela abaixo:

Óleos Vegetais e Essenciais
Silicones naturais /
selantes de cutículas
Castanha do Pará, Linhaça(frizz), Oliva, Pracaxi (p.duplas/volume), Semente de crambe, Rícino( pontas duplas), Brahmi(indiano), Argan(frizz e pontas duplas), Macadâmia, Açaí(pontas duplas/frizz)
Buriti(p.duplas/frizz)



Doadores de brilho
Girassol, Linhaça, Macadâmia, Pracaxi, Semente de crambe, Argan, Vatika(indiano), Jojoba, Oliva, Rosa mosqueta, Citronela, Alecrim, Sálvia Esclareia, Copaíba,Pequi Camomila, Gerânio, Ylang Ylang,Andiroba, Damasco, Limão(para loiros), Manjericão, Bergamota,Canela,Cedro,Eucalipto,
Gengibre,Manjericão,Manjerona,capim-limão,
Palmarosa,Melaleuca,Abacate, Amendoas doce, Argan, germe de trigo, Girassol,
Sacha Inchi, Arroz


Proteção solar
Argan, Gergelim, Buriti, Semente de abóbora, Cenoura, Germe de trigo, amêndoas doce, oliva, andiroba, café, calêndula, Camomila, Rosa mosqueta, Urucum, Tamanu, Abacate,
Coco, Jojoba, Damasco, Arroz


Protetor térmico

Argan, Pracaxi, avelã, amêndoas, macadâmia (o + forte), Açaí, Arroz



Cabelos coloridos
Cenoura (bom pra ruivos),
Copaíba (protege a cor),
Nozes (bom para cabelos escuros),
Buriti (prolonga a cor,bom para ruivos),
Amla (bom para cabelos escuros),
Palma (bom pra ruivos)
Alecrim (escurece)
Camomila (clareia)
Limão (clareia)
Salvia (escurece)
Baobá (protege a cor)
Gergelim (regride os fios brancos)
Castanha do Pará (intensifica cabelos escuros)

Piolho


Alecrim, Andiroba, Melaleuca, Tomilho, Neem, Babaçu, cedro, citronela


O tratamento terá um ciclo progressivo/regressivo, e terá um total de 5 semanas. Depois das 5 semanas, se quiser continuar, será melhor escolher mais 3 óleos diferentes, para não saturar com os mesmos componentes.

1ª Semana - 1 dia  de crono-óleos (óleo A)
2ª Semana - 2 dias de crono-óleos (óleo B + óleo C)
3ª Semana - 3 dias de crono-óleos (óleo A + óleo B + Óleo C)
4ª Semana - 3 dias de crono-óleos (óleo A + óleo B + Óleo C)
5ª Semana - 2 dias de crono-óleos (óleo B + óleo C)                          
6ª Semana - 1 dia  de crono-óleos (óleo  A)

Escolhi um método progressivo, porque o aumento progressivo gera adaptações no organismo. O método progressivo é utilizado tanto em treinamentos físicos, quanto em alguns tratamentos terapêuticos. E como eu tenho uma visão holística do organismo, e creio que tudo seja interdependente e interligado, acredito que se funciona para determinadas partes do corpo, funcionará também para o tratamento capilar... Filosofei muito? rsrsrs


Como fazer:

1 - Fazer a umectação nos cabelos limpos. É bom que os cabelos estejam limpos,sem qualquer resíduos de silicones ou petrolatos (óleo mineral, parafina, etc), para que os ativos do óleo vegetal consigam penetrar nos fios. Você pode umectar os cabelos secos ou úmidos, de acordo com sua preferência. Caso nunca tenha feito uma umectação, sugiro que experimente as duas maneiras, para saber qual delas o seu cabelo prefere.

2- Deixar os cabelos umectados o máximo de tempo que puder. Eu sempre faço a umectação à noite antes de dormir, e durmo com os cabelos umectados. E antes que me perguntem, não mancha o travesseiro, pois como mostrei no vídeo lá em cima, a umectação é pra ser feita sem "lambuzar" os cabelos. Não é a quantidade exagerada de óleo que vai fazer com que os cabelos ativos penetrem mais... os fios sugam apenas a quantidade que eles necessitam; logo, se ficar lambuzado, é porque já está em excesso, ok?

3- Tirar o óleo com CO-Wash. Após o tempo de umectação, lave os cabelos somente com condicionador (de preferência sem silicones ou petrolatos). Primeiro deixe cair bastante água sobre os cabelos, e vá massageando o couro cabeludo com as pontas dos dedos, debaixo d'água... você já vai sentir a emoliência nos fios. Quando perceber que a maioria do óleo já saiu, aplique o condicionador, massageie novamente e enxágue. Pode aplicar 2 vezes, se achar necessário. Lembrando que o condicionador também possui agentes limpantes.

4- Após enxaguar o condicionador, seque levemente com a toalha e finalize como quiser. Nesta etapa, eu aconselho a usarem um óleo que tenha efeito de finalizador, com propriedades que selam as cutículas (veja tabela acima)

Simples assim!

Caso no dia seguinte, queira usar seu shampoo e máscara habituais, sem problemas! O ideal seria que fossem usados shampoos sem sulfatos e máscaras sem silicones e petrolatos. Mas como eu já mencionei no outro post, não quero radicalizar nem dificultar nada pra ninguém... façam de acordo com suas preferências.

Se tiverem dúvidas deixe-a nos comentários, que estarei respondendo à todas em vídeo. Sugestões também serão bem-vindas. E aqueles que quiserem compartilhar o seu diário do crono-óleos, falando do seu tipo de cabelo, que óleos usou, enfim, sobre como está sendo sua experiência com o crono-óleos, será de muita ajuda para todos nós!

Próximo capítulo falarei do cronograma capilar aliado ao crono-óleos.



Bjs!






Postar um comentário

  1. Quando vc diz enxague...é para lavar com shampoo ou somente passar água?!! hihi

    ResponderExcluir
  2. IHUUUUUUULLL

    Seja bem-vindo tratamento capilar com óleos, o meu querido crono-óleos! rs.

    O vídeo está excelente SUUUPER explicativo...e é sempre bom lembrar que o couro cabeludo absorve tudo, é pele, é órgão e muitas vezes esquecemos dele!

    Farei sim o crono, experimentando (como bem a Maga destacou) na minha realidade de cabelo, clima, água e poluição do Rio de Janeiro e vamos comparar e analisar os resultados!

    Acho um tratamento democrático (porque se adapta em QUALQUER tipo de cabelo e bolso - óleos vegetais são mais baratos que muitas máscaras!!!) e além disso é versátil, pode ser conciliado com shampoos, condicionadores, máscaras mais básicas, se a pessoa tem dificuldade em não usá-los e quer uma adaptação mais vagarosa. Ou seja, tem coisa melhor?

    Uma terapia de saúde dos cabelos, do corpo e da mente!

    E é claro que ri horrores da MAGAvilha, vai pegar hein? kkkk

    beijooooooos e contem comigo, toh firme aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aeeeee nilhocaaa!!
      "vamo que vamo"!! \0/
      Começando meu crono hoje ;)

      MAGAVILHAAAA!!! kkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Vc falou que pode usar esse método em conjunto com shampoos, máscaras, etc. No caso, podemos misturar os óleos no co-wash, hidratação, junto com as máscaras, ou usar um dia os óleos puros, e em outros as máscaras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juh,
      Guenta que vamos falar sobre isso nos outros capítulos...é muita informação, então temos que ir aos poucos, ok?
      bjsss

      Excluir
  4. Olá! Parabéns, meninas! Muito boa essa iniciativa!
    Então é possível mesmo usar todos esses óleos, sem shampoo pra retirar, e não ficar com o cabelo gorduroso? Somente a água é capaz de acabar com essa aparência?
    No caso do óleo de canola, é aquele de cozinha mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Duda!
      Sim, super possível!! Por isso tem que ser óleo vegetal puro!
      Que aparência? não entendi...
      Não, óleo de cozinha não serve...
      bjsss

      Excluir
    2. Aparência de cabelo oleoso. rsrs ;)

      Excluir
    3. ahhh rsr entendi..
      lembrando que o cabelo não fica "ensopado" de óleo ok? Os fios absorvem bem, e no momento do enxágue o excesso sai...então não fica com aparência de oleoso. Veja o vídeo que explico como fazer umectação..
      bjsss

      Excluir
    4. Agora entendi também!
      Brigadinha!
      Bjo! ;-)

      Excluir
  5. Estava fazendo crono-óleo sem saber...kkk... Sim, mas sobre aquele comentário que óleos alisam os cabelos? Curiosa pra saber como é possível!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ci!
      Sim, fazemos isso nas umectações, mas o crono-óleos é sequencial...
      E vamos falar sobre alisamentos sim, daqui a alguns capítulos! ;)
      bjksss

      Excluir
  6. Estou aprendendo muito por aqui amiga!
    Parabéns pelas informações!!!
    Vocês arrasam!
    Amiga... que lugar lindo heim! Adorei o vídeo ao ar livre!!!
    Beijão!

    www.cuidadosevaidades.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Cris!!!
      Gostou? É aqui na minha cidade...lindo né?
      bjãaaaoooo

      Excluir
  7. Nossa Maravilha vou fazer tbm, parabéns meninas, bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opaaaa!! E bóra anotar os resultados hein!!
      eu tbm começo hoje! ;)
      bjãooo

      Excluir
  8. Que MAGAvilha essa dica hem..adorei!!!
    Gosto muito das dicas que vcs dão,é sempre tudo muito simples e ao mesmo tempo bem explicado..
    Vou fazer com certeza!!!(ja vou fazer a listinha dos oleos aqui p comprar,rs)
    Parabens pelo trabalho!!!!Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legaaal Natalia!! Bóra juntas!
      E ó... vai anotando os resultados pra falar pra gente, ok?
      E calma que ainda vem muita explicação nos outros capítulos...
      bjksss

      Excluir
  9. Obaaa, nem preciso dizer que adorei né?! Vcs arrasaram no vídeo xD Já está tudo anotadinho aqui e com certeza vou fazer o crono-óleos \o/ Aguardando ansiosa os próximos capítulos, principalmente o de alisamento, rsrs

    Erika, na parte da limpeza, eu vou passar o óleo só na raiz? vai ser suficiente para limpar os fios?
    e na parte da hidratação, quanto tempo eu fico com o óleo na cabeça?

    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lala, eu tbm tô começando hoje o meu crono-óleos!! \0/
      Sim, a limpeza é na raiz, que é por onde os ativos penetram. E os óleos próprios para limpeza são antissépticos e bactericidas. Com o enxágue eles passam pelos fios tbm.

      Na hidratação vc pode ficar algumas horas antes de lavar, ou dormir com o óleo...fica á seu critério!

      isso será melhor explicado no capítulo 2 ok?

      bjssss

      Excluir
    2. Ta certo Erika, muito obrigada!
      acho que vou começar meu crono-óleos daqui a alguns capítulos pra fazer tudo certinho ;)

      Outra dúvida... vcs ensinaram que nós podíamos fazer os óleos com ervas certo? então, por exemplo, se eu faço meu óleo de orégano usando o óleo de coco como o carregador, esse óleo de ervas se torna de limpeza?
      Não sei se deu pra entender minha pergunta, rsrs

      Beijoos

      Excluir
    3. Isso Lala, aguarde mais um pouco até postarmos explicações mais detalhadas...
      Entendi sim a sua pergunta, e eu creio que sim, pode usar para limpar...mas de qq modo, vou confirmar com a Adri, e te falo ok? bjsss

      Excluir
    4. Ta certo, obrigada!!
      estou aguardando então, beijoos

      Excluir
  10. Gostei muito, super interessante, os resultados devem ser excelentes, sou fã dos óleos vegetais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos 2...adoro!!
      Bóra comprovar os resultados, Andrea?
      Eu já comecei meu crono-óleos hoje! ;)
      bjsss

      Excluir
  11. Por favor, onde posso comprar os óleos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Os óleos vegetais puros vc encontra em lojas que vendem matéria prima para sabonetes (saboarias), e tem vários sites que vendem tbm... é só procurar no google por óleos vegetais que vc vai achar várias lojas...
      bjsss

      Excluir
  12. Amo muito!
    Vc fala em passar já no cabelo sujo e só enxaguar com agua, sei que não é muito oleo, mas o cabelo não ficará mais sujo já que não usaremos shampoo nenhum?
    Quanto tempo ficar sem lavar o cabelo após o procedimento? sei que fala 2x na semana mas quanto tempo para aproxima lavagem.
    Desculpe se resp todas essas perguntas pelo video mas não tenho como acessar os videos somente o blog.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana,
      os óleos de limpeza tem propriedades bactericidas e antissépticas, portanto eles limpam melhor que muitos shampoos... não é pq é óleo, que ele suja o cabelo, ok?

      Vc que vai escolher qts vezes na semana vai fazer, ou outros dias vc lava o cabelo normalmente...

      Calma, que ainda virão outros capítulos explicando tudo com mais detalhes, ok?

      Muita calma nessa hora! hehehhehe
      bjssss

      Excluir
    2. Tatiana, quanto ao cabelo sujo, o óleo vegetal que usaremos na limpeza é rico em ácidos graxos, é impressionante mas o couro pode ficar limpo, ainda que seja somente com o óleo, pq ele vai agir no seu couro e proporcionar isso. =D

      Excluir
    3. Erika e Fefa muito obrigada pelas explicações, vou começar a compar os oleos para fazer, vai demorar um pouco pq vou comprar de pouco mas eu conto como vai ficar o cabelo e mando foto, tipo um antes e depois.
      Bjsss

      Excluir
    4. Tatiana..calma rsrsr!!
      Aguarda os outros capítulos que ainda vem muita explicação por aí,ok?
      bjssss

      Excluir
  13. Adorei a matéria... Vou por em pratica o mais rápido possível!!!

    Agora estou com algumas dúvidas....

    Alguns tipos de óleos mencionados na matéria a gente encontra nos supermercados e farmácias, podem ser esses?
    Depois de enxaguar o óleo de limpeza, tenho que esperar os cabelos secar para passar o óleo da fase seguinte? Ou posso passar com os cabelos úmidos? O efeito é o mesmo?

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laiz, assim, o que vc deve prestar atenção na hora de comprar o óleo é se na composição ele é um óleo vegetal puro. Alguns óleos que vendem em farmácias e supermercados possuem uma preparação para durabilidade por mais tempo, são misturados com outros, embora seja possível encontrar alguns puros, como o rícino. Portanto o que vc precisa atentar é isso: óleo vegetal puro, pois se ele está misturado com algo (silicones, por ex.) perde totalmente a função para o crono-óleo, entende? bjs

      Excluir
    2. Laiz,
      Os óleos de supermercados e farmácias não são vegetais puros. Vc encontra esses óleos em lojas que vendam matéria prima para sabonetes, e lojas online.

      Qto ao cabelo seco ou úmido, fica a critério da preferência de cada um, desde que não se use secador... eu prefiro aplicar nos cabelos secos, mas há quem prefira neles úmidos, então vc tem que experimentar as duas formas e ver qual seu cabelo se adapta melhor..

      bjs

      Excluir
  14. Oiiiiiiiii xaráaa e oiiii magaa, pois então não sei se tem em algum lugar explicando já..se tiver me perdoe e please me encaminha...kkkkkkkkkkkkk
    Como consigo obter o óleo de café???
    Adorei o post!!
    Bjs Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi xará!!!
      Vamos ensinar a fazer hehehh ;)
      bjks

      Excluir
  15. gente...e existe óleo saponáceo? como isso??? aguardo novas instruções! e outra, sei q vcs falam dos vegetais, mas e o óleo de tutano? eu até já fiz do jeito q a Adri ensinou na comu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoela!
      Siiiiimmmm existem óleos saponáceos!! Vc acha que os sabões são feitos de quê? De óleos!!
      E este método engloba somente "ÓLEOS VEGETAIS", ok?
      bjsssssss

      Excluir
    2. ok. obrigada por responder. vou ficar ligada. outra dúvida: o óleo vegetal de canola e girassol q vcs falam é o mesmo usado na cozinha? é aquele Dersani ou manipulado?

      Excluir
    3. Não, esses de cozinha não servem, nem manipulados... São óleos que vc encontra em lojas de matérias primas para sabonetes, algumas lojas naturais e orgânicas, e também tem lojas online que vendem...é só jogar òleo vegetal no google, que vai aparecer várias delas...
      bjksss

      Excluir
  16. Olá, amei o crono-óleos, porque o meu cabelo só quer óleos. Tenho o couro muito seco e sensível e os fios estão opacos.Creio que este tratamento ajudará imenso.Estou ansiosa para faze-los, pois aqui onde moro (Lisboa) não encontrei quase nada.Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosangela!
      Que bom que vc curtiu!! Então aguarde que vamos ensinar a fazer os óleos em casa, ok? Inclusive já fizemos um post sobre como fazer óleo de ervas (está no menu do blog em COSMETICA NATURAL/RECEITAS)
      bjs

      Excluir
  17. Gente , cada vez mexo aki fico mais surpresa com quanta informação importatem ! Parabens mais uma vez !!! Tô amando !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem bom, Andreia!
      venha sempre nos visitar!
      bjssss

      Excluir
  18. flor, amei demais... e claro to cheia de dúvidas tb, rs!
    Quem tem cabelo cacheado não corre o risco de alisar os fios? percebi q meus cachos na U alisaram um pouco e ta dificil para definir agora:(
    Mas já to loka pra começar esse crono... bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paty, pelo que a Adri falou, ela vai fazer um capítulo para as cacheadas...mas se vc for fazer antes disso, escreva um email pra ela, adri.clubedocabeloecia@gmail.com e ela tira suas dúvidas, ok?
      bjão

      Excluir
  19. O rícino não entra na fase de limpeza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloquei o rícino na fase nutrição porque ele é o melhor para reter a umidade nos fios, sela a reposição hídrica. Não o coloquei em hidratação pq ele é muito denso, melhor para cabelos oleosos por seus ácidos graxos. Portanto, eu classifiquei o rícino em nutrição, mas isso não impede que vc o use como limpeza ou hidratação, é só não repeti-lo constantemente, senão os resultados não serão ótimos, ok? Os óleos foram classificados por seus ácidos graxos, e não por comentários ou costumes das pessoas, é uma forma de classificar observando a composição dos ativos de cada óleo, entende?

      Excluir
  20. Oi Meninas, tudo bem? Gostei muito do post mas tenho algumas dúvidas: 1 você disse: "sim existem óleos saponáceos, você acha que os sabões são feitos do que?" Realmente, mas os óleos só viram sabão após uma reação química com substância alcalina (base) o resultado dessa reação é sabão e glicerol. A forma como vc afirma faz parecer que óleo e sabão são ali "quase a mesma coisa" quando não é bem assim. Que os óleos tenham propriedades bactericidas, antifúngicas e anti-sépticas não duvido, haja visto o alto teor de ácido láurico no óleo de coco, mas teria problema em usar um low poo ou mesmo um limpador ayurvédico como aritha e shikakai ou mesmo a espuminha da raspa de juá?
    2- Aplicar o oleo no cabelo molhado logo após a etapa de limpeza? Como o óleo vai penetrar?
    3- Quando vc fala de óleo de oregano, alecrim,calendula, menta e juá vc se refere aos oleos essenciais ou a óleos compostos (quando misturamos extrato ou de parte da erva utilizada,flores,caules,folhas ou sementes dentro de um óleo vegetal de nossa preferência e aguardamos até que os compostos "passem" para o óleo)?
    Desculpe o post longo!
    Beijo grande, adoro o site!
    Gratidão,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Line, vamos lá. Vou enumerar tuas perguntas p/ responder: 1- em um blog popular, vc queria que eu expusesse a técnica como? Vai me dizer que o óleo vegetal de jojoba e canola não são para desobstrução dos poros do couro cabeludo (entre outros)? Observe seus ácidos graxos. Eu faço sabão cold process, sei como funciona. 2- Aplicar o óleo de limpeza, enxaguar com agua morna, retirar excesso de umedade e logo aplicar o óleo escolhido para a etapa indicada. Se o óleo de limpeza desobstrui os poros, pq acha que o proximo não penetra? 3- Vejo que vc não buscou a receita no blog, la explico o método (de maneira "popular"). Prefiro deixar a erva macerando lentamente, 1, 2, 3 meses, mas da forma como postei tb. ajuda. Busque mais informações sobre isto e veja minha receita INICIAL aqui no blog. Logo postarei receita óleo de café, interessada em ver? Siga com a gente. Caso tenha dúvidas mais técnicas, escreva-as a meu email. Bjss

      Excluir
    2. Oi Line!
      Obrigada pela visita!
      Qualquer dúvida a mais, pode enviar um email para adri.clubedocabeloecia@gmail.com que a Adri poderá te auxiliar de forma mais científica, ok?
      bjão e volte sempre!

      Excluir
    3. Obrigada pela resposta rápida meninas! Entendi, essa coisa de aplicar óleo no cabelo seco acho q ficou entranhada na minha cabeça mesmo, sempre acho que se o cabelo estiver úmido o óleo não consegue penetrar na fibra. Depois de quase dois anos sem tingir, fiz luzes e tingi de ruivo a cor ficou linda mas o cabelo que antes tava forte agora tá meio feioso, espigado, mesmo seguindo o crono. e tendo cortado as pontas. Então estou buscando um jeito de ter a saúde dele de volta, a quimica danificou tanto que passou até a formar umas ondas aleatórias sabem?
      Vcs confiam no site sabão e glicerina? Estava pensando comprar oleos lá, até agora só uso o de coco da copra e o vatika.
      Oléo de café? Deve ser bom até pra usar nas pernas contra a celulite. Imaginem óleo de café com andiroba?
      Estou aguardando ansiosa!
      Bjs

      Excluir
  21. Olá meninas,primeiramente quero agradecer à vcs pelo trabalho no blog, me despertou em muitos sentidos para uma realidade que eu não conhecia. Bom, eis a minha dúvida,fui dar uma olhada em uma loja online que vende óleos vegetais,e por exemplo, ó óleo de calêndula, o site recomenda utilizar em dosagem de até 5%, aí fica a minha dúvida, eu vou ter que diluir ele ou não? e outra coisinha que não tem a ver com cabelo, tem um repelente natural feito com 100 ml óleo de amêndoas,500ml álcool e 10g cravo, se eu usar o óleo vegetal puro, vai continuar sendo os 100ml ou vou pela recomendação do site que diz dosagem até 5%?. Gente me desculpe tantas dúvidas, mas desde que descobri o blog estou procurando viver o mais natural possível, principalmente com a minha filha de 2 anos, obrigada pela compreensão! Beijos e parabéns pelas valiosas informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee!

      Sim, pq o óleo de calêndula é óleo essencial. Os óleos essenciais devem ser diluídos mesmo. Já o óleo de amêndoas é carreador, então não precisa diluir. Dê uma olhada no GLOSSARIO DE ATIVOS lá no menu do blog, que lá mostra quais os vegetais(carreadores) e os essenciais.
      bjssss

      Excluir
    2. Docinho,

      Eu sei qual a loja que vc viu isso (rsrsrs - normal, tb compro lá! rs) e muitas vezes essa concentração é para o uso em fórmulas, exemplo: manipulação de um creme, loção com o óleo de calêndula, me entende? O óleo de calêndula (segundo o que a Adri me explicou pq adoro calêndula e queria ele! rs) é que é um óleo forte para ser aplicado diretamente sobre a pele, portanto existe essa restrição, inclusive para fazer cremes...então vc só vai adicionar gotinhas dele.

      Se vc está pensando nele versão óleo essencial, é gotinha mesmo. Mas se está falando em sua versão óleo vegetal (que nessa loja tem que eu sei e tb comprei) é essa que vc vai utilizar como o óleo de limpeza proposto pela Adri no crono-óleos.

      Quanto ao que vc perguntou sobre o repelente, não entendi pq vc antes falava em calêndula...o óleo de amêndoas é um óleo vegetal mas exerce a função de carreador, portanto pode ser usado na dosagem de 100ml sem problemas...até porque vc não vai passar 100ml de repelente em vc, vai ser um pouco dessa fórmula somente.

      Então concluo: vc precisa saber que óleo vegetal é diferente de óleo essencial e dentre os óleos vegetais, alguns podem exercer a função de carreadores e outros, não.

      Será que consegui ajudar? Se continuar na dúvida...pergunta mais! rs

      Excluir
  22. Erika e Fefa, muito obrigada pela resposta, minhas dúvidas acabaram hehe,o óleo de calêndula foi só um exemplo que eu peguei desse site, mas foi mto bom pq assim pude saber que há essa diferença entre os óleos, agora é mais uma coisa a aprender nesse universo natural totalmente novo pra mim.Valeu mesmo, vcs me ajudaram demais!!! Bju grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida!
      Vamos falar ainda bastante sobre isso, ok? É assim mesmo...muita informação, mas aos poucos vc vai pegando... não se preocupe!
      E estamos aqui para qualquer dúvida a mais, tá? É só gritar, q a gente vem! hehehhe
      bjksss

      Excluir
  23. Olá Erika,andei lendo os posts sobre óleos vegetais e gostei muito parabéns pelo seu blog gostei muito,pois é bastante informativo,tirei algumas dúvidas que tinha sobre alguns óleos.Gostaria de saber se este site sabão e glicerina é confiável e se seus óleos são 100% puros?Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucineide!
      Sim, eu comprei os meus lá! Tem tbm "a casa do saboeiro" e o "mix das essencias"...
      bjss

      Excluir
  24. Estou adorando seu blog e meu cabelo tbm kkk. estou seguindo seu crono-óleos meus cabelo e PELE rs se renovou isso é incrivel.Uma pena que não estou conseguindo encontrar todos os óleos que preciso. Conhece outros sites que vende óleos vegetais confiavel????
    bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra!
      Onde vc comprou seus óleos? Eu fiz uma compra grande no Mundo dos óleos (coloquei até o banner deles no blog)... e semana que vem farei a resenha dos produtos. Eu estou gostando, e achei legal que os óleos vem em embalagem de spray que é super prático. Lá tem bastante variedade de óleos, e já te adianto que o de cártamo é shooowwww! Amei! cabelo hiper macio!! Depois falo dos outros na resenha... farei um vídeo! surpresaaaaa!!! hehhee
      bjks

      Excluir
  25. Erika o que você acha do óleo de copaíba,li sobre ele no seu posto sobre óleos,nem me lembrava,tenho ele em casa,puro,extraído aqui mesmo na minha cidade por sitiantes,ele é um óleo bastante forte,tive medo,preferi perguntar antes,eu poderia fazer umectações com ele,meu cabelo é alisado e no da minha filha que é cacheado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um bom óleo mas tem cheiro forte. Como ele tá virgem, vc pode misturar com outro óleo mais suave.
      bjsss

      Excluir
  26. Oi Érica eu queria começar esse metodo do crono-oleos mas to meio perdida.... eu comprei tres oleos,de cartamo(ceramidas e tal) que ja to usando pra passar nas pontas dos meus cabelo que ta fazendo milagre!!! o de cenoura(pq meu cabelo e vermelho) e o de amendoas doces, mas to confusa com a explicaçao A+B+C.... como assim? primeiro uso um tipo,depois dois e depois tres??? kkkk...me perdi! ajuda aê!!!! Como posso conciliar isso com o cronograma capilar???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      sim, isso mesmo. A primeira semana usa 1 óleo, a segunda semana usa 2, e a terceira usa 3. depois volta.. 3, 2, 1.

      Lá no menu em TRATAMENTO CAPILAR COM ÓLEOS, tem um post que falo sobre como conciliar com o cronograma. Dá uma olhadinha lá, e qq dúvida me retorna.

      bjssss

      Excluir
    2. Mas sao os tres juntos? na mesma lavagem? ou vc esta se referindo a semana? um tipo na 1º semana ,2 tipos na segunda....

      Excluir
    3. Ah ta.... é por semana. Mas por exemplo na terceira semana sao tres oleos ne? ai eu uso um pra cada lavagem,ou os tres juntos em uma unica lavagem?

      Excluir
  27. Faço umectação até 2x na semana,meu cabelitcho ama,e retiro com co wash,o cabelo não fica oleoso,o condicionador consegue remover o excesso,resultado cabelos macios,alinhados e mega hidratados.Bjs

    ResponderExcluir
  28. Ja estou aguardando meus óleos chegarem para testar!! rsrs
    Mas onde encontro esses condicionadores sem silicone ou petrolatos? Há alguma marca indicada que possa ser comprada em farmácias ou supermercados?

    Beijooo, amo o blog, estou aprendendo muito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lala, no supermercado ou farmácias, vc acha o yamasterol amarelo ou o branco.
      Bjkssss

      Excluir
  29. Olá,queria saber se óleo com extrato vegetal é a mesma coisa que óleo vegetal?
    bjuuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Estéfanny,
      Não, nada a ver uma coisa com outra. Tem óleo vegetal e óleo mineral. Óleos vegetais são óleos puros,originados de plantas. Extratos são feitos de plantas tbm, mas não são óleos.
      bjs

      Excluir
    2. Eu comprei um óleo de amêndoas da Niely Gold que está escrito "extrato vegetal",será que da para fazer umectação com esse óleo?

      Excluir
    3. Oi amore,
      Ou é óleo, ou é extrato... são coisas bem diferentes. Acho que não serve pra umectação não.
      Bjksss

      Excluir
  30. Oi Erika!

    Estou com uma dúvida: quando vamos fazer esse método, acabamos lavando o cabelo dois dias seguidos, não? Então na segunda semana serão 4 dias (2 + 2) e nas terceira e quarta semanas praticamente todos os dias?

    Fiquei com um pouco de receio porque dizem que é necessário um dia sem lavar para que o cabelo seque completamente e eu estou com o cabelo comprido e não uso secador, só deixo ele secar, sabe? Também me disseram que couro cabeludo molhado piora queda de cabelo (medo, medo, medo).

    Desculpa se essas informações estão erradas, mas me foi dito isso e ao mesmo tempo, queria muito tratar meu cabelo com coisas mais naturais (namorando o site Sal da Terra para eliminar o sulfato da minha vida). Espero que você possa me esclarecer!

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabi,
      Bem, eu lavo o cabelo todos os dias, e tbm não uso secador, mas meu cabelo é curto... então, aí vai de pessoa pra pessoa... se seu cabelo demora muito pra secar, então tvz esse esquema não sirva pra vc... tente adaptar para o seu caso, pq na verdd não existem regras. Cada cabelo é único. Então pegue a ideia, e faça como achar melhor pra vc, ok? Mesmo que faça menos vezes, tenho certeza que dará bons resultados! ;)
      bjkssss

      Excluir

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Entre para o nosso Clube!

 
Clube do cabelo e cia © 2013. All Rights Reserved. Powered by Blogger
Top